Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Blindspot (2015)

maxresdefault.jpg


Uma mala de viagem é deixada no meio de Nova Iorque com uma etiqueta: "Chamem o FBI". Depois de muito aparato policial, a mala mexe-se, uma mão sai de lá de dentro e, aos poucos, emerge uma mulher. Está nua, desorientada e tem o corpo coberto de tatuagens. A mais estranha, tem o nome de um agente do FBI, chamado de urgência. Kurt Weller (Sullivan Stapleton de 300: O Início De Um Império) tenta, a todo o custo, ajudar Jane Doe (Jaimie Alexander), à medida que percebe que ela tem treino militar e que cada tatuagem é a solução para um crime por acontecer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

29.09.15

É hoje!

should-fifa-16-be-boycotted-for-pes-2016-following


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

25.09.15

Pixels (2015)

lead_960.jpg


 


A terra é atacada por personagens de videojogos dos anos 80 e um grupo de nerds junta-se para salvar o mundo. Pixels é isto. É parvo, irrealista mas divertido. Nos anos 80, Breener é um adolescente com jeito para jogos arcade e um dos herois do seu bairro. Cooper é o seu melhor amigo, que o admira. Trinta anos mais tarde, Breener (Adam Sandler) conta com um divóricio e um emprego aquém da sua ambição. Já Cooper (Kevin James), mesmo sem ser muito querido, é o Presidente dos EUA. E é como Presidente que se junta a Breener e a um grupo de personagens peculiares para combater os invasores. Violet (Michelle Monaghan), "boazona" de serviço, membro do exército e flirt de Breener; Eddie (Peter Dinklage), antigo campeão de arcades e Ludlow (Josh Gad), lunático, formam uma esquadrão peculiar de salvadores.

Autoria e outros dados (tags, etc)

24.09.15

Chappie (2015)

 


Chappie_(1).jpg


 


Num futuro não muito distante, o violento crime na África do Sul é combatido por robots inteligentes. Deon Wilson (Dev Patel) é o jovem cientista responsável pela criação que deu fama e fortuna à Tetravaal, empresa liderada por Michele (Sigourney Weaver).


 


Sempre com a mente a fervilhar, Deon aproveita-se da “carcaça” de um robot avariado para o recuperar e lhe acrescentar algumas melhorias na inteligência artificial. É assim que nasce Chappie, um robot com consciência humana, uma consciência tão avançada que se torna num humano em pele robótica.


 


Na altura em que se apercebe da magnitude da sua criação, Deon é intercetado por um trio de criminosos. Ninja, Yo-Landi (um conhecido duo de rappers sul-africanos na vida real) e Amerika são marginais na base da cadeia alimentar do crime de Joanesburgo que precisam de fazer dinheiro rapidamente para entregarem a Hippo, rei do submundo. O seu plano é terem um robot a ajuda-los. Mas, ao conhecerem Chappie começam a desenvolver uma relação. Chappie trata Amerika com um amigo e Ninja e Yo-Landi como pai e mãe. Eles passam a ser as suas referências e Chappie torna-se num gangster com bom coração. Mas um gangster.


 


Esta é a oportunidade perfeita para Vincent (Hugh Jackman) engenheiro invejoso da Tetravaal diabolizar as criações de Deon e libertar o seu próprio robot, inviabilizado até agora. Um filme de comédia, ação, ficção científica e muito mais que nos leva a uma reflexão sobre o que é a consciência humana e qual o sentido da vida tanto que Chappie, a certa altura, questiona Deon: “Porque me fizeste, só que para eu possa morrer?”. A pergunta da clássica que todos queremos fazer ao criador.

Autoria e outros dados (tags, etc)

21.09.15

Anteestreia - Life (2015)

HQ-New-Life-Still-.jpg


 


O sexagenário holandês Anton Corbijn estreou-se como realizador apenas há oito anos com o magnífico Control, onde fazia um perfil de Ian Curtis, vocalista dos Joy Division. Seguiu-se o aborrecido O Americano (2010) e o interessante O Homem Mais Procurado (2014). Corbijn regressa agora ao estudo de figuras de culto, mostrando algumas semanas na vida de James Dean, antes deste se tornar numa estrela planetária.


 


Rob Pattinson, ainda na luta para se descolar do selo de ídolo teen, é Dennis Stock, um jovem fotógrafo que vê em Dean algo único. Quer ser o primeiro a fazer uma reportagem fotográfica com o ator que acabara de rodar A Leste do Paraíso com Elia Kazan, responsável por grandes sucessos com Marlon Brando (Um Elétrico Chamado Desejo e Há Lodo no Cais). A peça que Dennis tem na cabeça ajudará a fazer de Dean uma estrela e dele um fotógrafo mais artístico e conceituado.


 


James Dean, Jimmy para os amigos, aqui magnificamente interpretado por Dane DeHaan, é um ator em ascensão. É um rebelde com amor pela representação mas com muitas dificuldades em aceitar os espartilhos da indústria do cinema. Faz o que lhe apetece e é quando lhe apetece voltar a casa, numa quinta no Indiana, que Dennis consegue fotografar o mais genuíno Dean.


 


Fabulosas interpretações. Um filme a ver.

Autoria e outros dados (tags, etc)

18.09.15

É hoje!

1433953255-pes-2016-neymar.jpg


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

17.09.15

Em inglês, já chegou

thegirl_2015_08_23_12_18_51.jpg


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

07.09.15

Sonhos de Consumo - BB 8

BB8 (1).jpg


 


No fim do ano chega às salas de todo o mundo o sétimo episódio da saga Star Wars, criada por George Lucas. A saga dispensa apresentações. É um dos expoentes máximos da cultura pop que faz com que o entretenimento norte-americano domine o mundo. Um dos aspetos mais interessantes sempre foi a força do marketing na saga. George Lucas percebeu, nos anos 70, que os seus fãs quereriam ter um pedaço do mundo Star Wars perto si, na sua casa ou na sua mão. Nasceu uma gigantesca coleção de merchandising. À medida que os fãs de então cresciam e os seus rendimentos também, o merchandinsg tornou-se mais sofisticado e….mais caro.


 


Esta semana, o mundo conheceu o novo BB-8. É uma personagem icónica do filme que há-de chegar e existe em forma de um gadget de cerca de 10 centímetros, com um custo de 170 euros. Anda, “fala”, mapeia o espaço onde anda e projeta hologramas. É o Santo Graal de qualquer fã. Eu, como todos, quero este brinquedo. Já.


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

05.09.15





Barbearias & Cabeleireiros

GENERALISTAS

FEMININOS

MASCULINOS





aRmário

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D