Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Montage of Heck (2015)

kurt-doc.jpg


 


Kurt Cobain queria ter sucesso na música mas não aguentou o sucesso que viria a ter, cedendo ao peso da sua personalidade tímida e depressiva. Ter-se-há (persistem teorias da conspira suicidado na sua garagem com 27 anos, já lá vão mais de 20. E já se sabe que os grandes artistas nunca morrem, porque deixam obra feita e porque os familiares insistem em ter baus de raridades que vão libertando sempre que precisam de dinheiro. Só o dinheiro - e será muito, já que os milhões de fans não esqueceram os Nirvana - justifica este filme, uma manta de retalhos de filmagens caseiras inéditas; de atuações lendárias e de testemunhos selecionados. Não havendo material suficiente, há bons momentos de animação da vida do músico, cenas de filmes e muito mais.  Produzido pela filha de Kurt, Montage of Heck até poderia ser interessante como um documentário sobre o homem e não o músico. Mas não é isso. Não nos dá novidade nem nos leva a lado nenhum. É uma banalidade e, pelo que se sabe de Cobain, a banalidade era algo contra a qual lutava.

Autoria e outros dados (tags, etc)

17.05.15






Barbearias & Cabeleireiros

GENERALISTAS

FEMININOS

MASCULINOS





aRmário

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D